Menu

domingo, 25 de junho de 2017

nota sobre As Brumas de Avalon


((((apenas uma memória em texto para me recordar dessa história no futuro, comprado em 04/2013 lido em 06/2017))))

Contada através das personagens femininas da lenda de Rei Arthur, ou Artur nunca sei; As Brumas de Avalon me apresentou um universo mágico e místico.

No primeiro livro, introduz o leitor a esse mundo, conheci Igraine a moça que tinha tudo pra dar certo e se perdeu no amor de Uther Pedragon; Viviane a Senhora do Lago, servindo a Deusa e a Avalon até o último suspiro; Morgause, manipuladora, egoísta, dona de si; e Morgana.

Morganaaaaaaaaa
Sendo a principal personagem nos quatro livros, é difícil acabar de ler essa história e não sentir falta dela. Alguém que "vi" crescer e viver cada momento da sua vida. Durante todo o trajeto luta com o cristianismo e seu único deus, ignorando o fato de "todos os deuses são um, todas as deusas são uma"; e só entendendo isso de fato no último capítulo, mais precisamente no EPÍLOGO.


O segundo livro é o mais arrastado.
Maldita Guinevere
Morgana some por um tempo e então somos obrigados a compartilhar da companhia de Guinevere; esposa de Artur, ou Arthur. Apaixonada por Lancelote - Melhor amigo de Artur, risos.
Personagem chata, sem sal, preconceituosa, manipuladora a seu jeito e hipócrita.
Não curti essa moça.

Artur.
Nossa moço.
Só foi bom porque tinha Excalibur a seu lado? Por vezes me senti afeiçoada pelo rei, por outras apenas desgosto. No fim, só amores, talvez tarde demais pra começar a gostar de um personagem, rsrs

<<<
Sentimentos especiais a Kevin e Nimue, terceiro livro. História completamente cruel, culpei Morgana pelo o que aconteceu mas perdoei-a logo depois.
>>>

O último livro foi devastador, personagens cansados de viver, querendo que tudo acabasse, mais crueldade e melancolia, me abalou.

Por fim,
Aline você gostou da história, leu os quatro livros em uma semana e desejou que Avalon fosse real. Quase chorou no fim, foi emocionante.
Na próxima vez que for ler recomendo que passe marca-texto nas passagens fofas e profundas porque eu queria colocar uma frase que li, mas não achei. <final do livro 4, isso eu lembro>
Estou com medo de ver o filme e não ser tudo aquilo, talvez eu nem me arrisque.

Até mais,
Aline de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário