Menu

domingo, 16 de março de 2014

Fahrenheit 451 - Ray Bradbury

"A temperatura em que o papel pega fogo"

Criei interesse por esse livro, depois que uma amiga minha disse que esse tinha sido "o melhor livro da minha vida", e me emprestou o mesmo.

Fahrenheit 451

A história se passa em uma sociedade futura - mundo distópico -, onde, ao invés de combater o fogo, os bombeiros o criam. E o pior, queimam livros. Exatamente, livros são queimados e seus proprietários, se não são queimados juntos, são levados para hospícios.
A escola é deixada de lado, ninguém conversa e se, por acaso, você for visto andando de carro a menos de 150 km/h corre o risco de ser preso
Bom, na minha opinião, o livro teve seus momentos excepcionalmente bons, e seus momentos blé.
A história foi bem construída, mas alguns momentos não foram tão bem explorados e acabaram ficando maçantes.
Além de nos apresentar esse mundo não tão alternativo assim, nos faz ver o quão fútil é a sociedade em que vivemos hoje em dia.




Uma das melhores distopias já lidas!
Nota: 4/5
Recomendadíssimo.

Até a próxima,
Aline

Nenhum comentário:

Postar um comentário